Efeitos do banho de imersão para a termorregulação do recém- nascido prematuro [Effects of the immersion bath for the thermoregulation of the premature newborn]

Aline Queiroz Costa, Carlos Sérgio Corrêa Reis, Angelina Maria Aparecida Alves, José Antônio Sá Neto

Resumo


Introdução: estudo aborda os efeitos do banho de imersão sobre o equilíbrio térmico do recém-nascido prematuro (RNPT). Objetivo: Analisar os efeitos do banho de imersão realizado pela equipe de enfermagem sobre o controle térmico dos RNPT. Métodos: Estudo descritivo, com abordagem quantitativa, realizado com 07 recém-nascidos (RN). Foram avaliados 16 banhos de imersão. Para coleta dos dados foi elaborado um check list a partir do procedimento operacional padrão (POP) da unidade, acrescido de outras variáveis da literatura específica. Para o tratamento estatístico e análise descritiva dos dados obtidos utilizou-se o programa SPSS 2016. Resultados: Quanto ao comportamento hemodinâmico antes e após ao banho, as variáveis que mais sofreram alterações fora: frequência respiratória e queda de temperatura corporal. Conclusões: A verificação da temperatura corporal antes e após o banho de imersão do RNPT na Unidade Neonatal é um forte preditor de morbidade, podendo ser também considerada um indicador de qualidade da assistência de enfermagem.

ABSTRACT

Introduction: This study deals with the effects of the immersion bath on the thermal equilibrium of the preterm newborn (PTNB). Objective: To analyze the effects of the immersion bath performed by the nursing team on the thermal control of the PTNB. Methods: Descriptive study, with a quantitative approach, performed with 07 newborns (RN). Sixteen immersion baths were evaluated. For data collection a check list was elaborated from the standard operating procedure (POP) of the unit, plus other variables from the specific literature. For the statistical treatment and descriptive analysis of the data obtained, the SPSS 201 program was used. Results: Regarding the hemodynamic behavior before and after bathing, the variables that suffered the most changes were: respiratory rate and body temperature drop. Conclusion: The verification of body temperature before and after the immersion bath of PTNB in the Neonatal Unit is a strong predictor of morbidity, and it can also be considered an indicator of the quality of nursing care.

RESUMEN

Introducción: estudio se ocupa de los efectos de baños de inmersión en el balance térmico de los recién nacidos prematuros (PTN). Objetivo: Analizar los efectos del baño de inmersión realizadas por el personal de enfermería en el control térmico del prematuro. Métodos: Se realizó un estudio descriptivo con un enfoque cuantitativo, realizado con 07 recién nacidos (RN). Se evaluaron 16 baños de inmersión. Para la recolección de datos se preparó una lista de comprobación del procedimiento estándar de operación (SOP) de la unidad, además de otras variables de la literatura específica. Para el análisis estadístico y el análisis descriptivo de los datos se utilizó el programa SPSS 2016. Resultados: En relación con la hemodinámica antes y después del baño, las variables que más han sufrido a cabo cambios: la frecuencia respiratoria y la caída de la temperatura corporal. Conclusiones: comprobar la temperatura corporal antes y después de la PTN en remojo en la Unidad Neonatal es un fuerte predictor de morbilidad y también pueden ser considerados un indicador de la calidad de la atención de enfermería


Texto completo:

PDF(POR)

Referências


REFERÊNCIAS

- Ricci SS. Enfermagem: materno, neonatal e saúde da Mulher. 3. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan; 2015.

- Cunha MLC, Proclamoy RS. Banho e colonização da pele do pré-termo. Rev. Gaúcha Enfermagem. 2016; 27(02): 203-8.

- Oliveira, ICS, Rodrigues, RG Assistência ao recém-nascido: perspectivas para o saber de enfermagem em neonatologia (1937-1979). Texto Contexto Enferm. 2005; 14 (4): 498-505.

- Fernandes J, Oliveira Z, Machado MC. Prevenção e cuidados com a pele da criança e do Recém-nascido. An. Bras. Dermatologia. 2011; 86(1): 102-10.

- Santos SV, Costa R. Cuidados com a pele do recém-nascido: o estado da arte. J. res.: fundam. care. Online. 2015; 7(3): 2887-2901.

- Araújo BBM, Esteves SX, Cardoso ES, Meirelles JNL, Dias CMB. A enfermagem e os (des) cuidados com a pele do prematuro. R. pesq.: cuid. fundam. Online. 2012; 4(3): 2679-91

- Chatson, K. Controle da temperatura. In: Cloherty JP, Eichenwald EC, Hansen AR, STARK AR. Manual de neonatologia. 7. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 2015; 141-4.

- Veronezi, SL; Ribeiro ER A evolução dos cuidados de enfermagem com a pele e a termorregulação dos recém-nascidos prematuros nos últimos 30 anos: revisão de literatura. Revista Saúde e Desenvolvimento. 2013; 3 (2): 61-71.

- Rolim KMC, Linhares DC, Rabelo LS, Gurgel EPP, Magalhães FJ, Caetano, JA. Cuidado com a pele do recém-nascido pré-termo em unidade de terapia intensiva neonatal: conhecimento da enfermeira. RENE. 2008; 9(4): 107-115.

- Association of women´s health, obstetric and neonatal nurses. Neonatal skin care: evidence-based clinical practice guideline. Washington.2001;54.

- Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas e Estratégias. Atenção à saúde do recém-nascido: guia para os profissionais de saúde. Brasília (DF): Ministério da Saúde; 2012 ;1.

- Medeiros JS, Mascarenhas MFPT. Banho humanizado em recém-nascidos prematuros de baixo peso em uma enfermaria canguru. Rev. Ter. Ocup. Univ. São Paulo. 2010; 21(1):51-60.

- Lunze K, Hamer DH. Thermal protection of the newborn in resource-limited environments. J Perinatol. 2012; 32 (5):317-324.

- Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Políticas de Saúde. Área da Saúde da Criança. Atenção humanizada ao recém-nascido de baixo-peso: método canguru. 3ª ed. 2011.

- World Health Organization. Thermal protection of the newborn: a practical guide. Geneva: World Health Organization;1997; 17–22.

- Ministério da Saúde (Br). Atenção à Saúde do Recém-Nascido. Guia para os profissionais de saúde. Cuidados com o recém-nascido pré-termo. 2011;4.

- Freitas P, Marques SR, Alves TB, Takahashi J, Kimura,AF. Variações nos parâmetros fisiológicos e comportamentais de recém-nascido pré-termo submetidos à higienização corporal: revisão sistemática. Rev. Esc. Enferm.USP.2014; 48 (n.esp): 182-7. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v48nspe/pt_0080-6234-reeusp-48-esp-182.pdf

- Rolim KMC, Araújo AFPC, CAMPOS NMM, Lopes SMB, Gurgel EPP, Campos, ACS. Cuidado quanto à termorregulação do recém –nascido prematuro: O olhar da Enfermeira. Rev. Rene. 2010; 11(2): 44-52.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.