A enfermagem e a questão do aborto: análise de publicações em eventos científicos [Nursing and the issue of abortion: analysis of publications at scientific meetings]

Marie Dominique Hood, Carla Marins Silva, Ovtavio Muniz da Costa Vargens

Resumo


Introdução: conhecer perfil e tendências das pesquisas em determinada área é fundamental para seu desenvolvimento. Objetivo: mapear a inserção da temática do aborto em eventos científicos da enfermagem brasileira. Método: revisão de literatura dos resumos em Anais do VII e VIII Congressos Brasileiros de Enfermagem Obstétrica e Neonatal e dos 16º e 17º Seminários Nacionais de Pesquisa em Enfermagem. A seleção dos resumos se deu por meio de busca nos títulos dos termos aborto, abortamento, interrupção da gravidez, antecipação do parto e planejamento familiar. Analisaram-se todos os resumos com pelo menos um destes termos no título, sendo este o único critério de inclusão. Foram identificados 25 resumos, dentre o total de 4.265 resumos publicados. Resultados: a temática do aborto ainda é restrita, representando apenas 0,58% de 4.265 resumos. Verificou-se que 68% eram resultados de pesquisa; 76% apresentaram abordagem quantitativa; 60% eram provenientes da Região Nordeste, e apenas 20% não estavam vinculados pós-graduação senso estrito. Conclusão: novos estudos desta natureza são fundamentais, avaliando estas tendências em outros eventos ou diferentes meios de divulgação do conhecimento produzido pela enfermagem, tais como teses ou dissertações e artigos de periódicos, ou em outros mais abrangentes para aprofundamento do conhecimento sobre o assunto.

ABSTRACT - Introduction: knowing profile and trends of research in a particular area is essential to its development. Objective: to map the insertion of abortion as issue in scientific events of Brazilian nursing. Method: it is a literature review based on abstracts published in VII and VIII Brazilian Congress of Obstetric and Neonatal Nursing and in the 16th and 17th National Seminars on Nursing Research. The selection of abstracts was through search in the titles of the expressions: abortion, miscarriage, interruption of pregnancy, delivery anticipation and family planning. All abstracts with at least one of these terms in the title, which was the sole inclusion criterion, were analysed. Among 4,265 published abstracts, 25 were identified. Results: the topic of abortion is still limited, representing only 0.58% of 4,265 abstracts. It was verified that 68% were search results; 76% had a quantitative approach; 60% came from the Northeast, and only 20% were not an outcome of Master or PhD degree. Conclusion: further similar studies are critical, evaluating these trends in other events and different ways for dissemination of knowledge produced by nursing, such as theses or dissertations and journal articles, or in other more comprehensive for deepening of knowledge on the subject.


Palavras-chave


Enfermagem Obstétrica; saúde da mulher; aborto; saúde sexual e reprodutiva

Texto completo:

PDF

Referências


Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Políticas para as Mulheres. Mulheres Brasileiras, políticas e dados. Brasília (DF). 2010.

Montenegro CA, Rezende Filho J. Abortamento. In: Montenegro Carlos Alberto, Rezende Filho, Jorge. Obstetrícia Fundamental. Guanabara Koogan. 11a edição. Rio de Janeiro. 2011.

Pérez BAG, Gomes NP, Santos MFS, Diniz NMF. Aborto provocado: representações sociais de mulheres. Rev enferm UERJ, Rio de Janeiro, 2013; 21(esp.2):736-42.

Mariutti MG, Almeida AM, Panobianco MS. O cuidado de enfermagem na visão de mulheres, em situação de abortamento. Revista Latino Americana de Enfermagem. Ribeirão Preto. 2007; 15(1):[8 telas].

Anjos KF, Santos VC, Souza R, Eugenio B. Aborto e Saúde Pública no Brasil: reflexões sob a perspectiva dos direitos humanos. Saúde em Debate, 2013; 37(98):504-15.

Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Políticas de Saúde. Área Técnica de Saúde da Mulher. Manual Técnico. Atenção humanizada ao abortamento: norma técnica. Brasília (DF). 2005.

Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Políticas de Saúde. Área Técnica de Saúde da Mulher. Manual Técnico. Assistência em Planejamento Familiar. 4aed. 2002. Disponível em: http://www.bvsms.saúde.gov.bvbuspublicações102assistência1.pdfacesso 16

Ministério da Saúde (Br). Secretaria de Políticas de Saúde. Área Técnica de Saúde da Mulher. Manual Técnico. Parto, aborto e puerpério: assistência humanizada à mulher. Brasília (DF). 2011.

Benute GRG, Nomura RMY, Mundial L, Souza MC, Zugaib M. Influência da percepção dos profissionais quanto ao aborto provocado na atenção à saúde da mulher. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, 2012; 34(2):69-73.

Domingos SRF, Merighi MAB. O aborto como causa de mortalidade materna: um pensar para o cuidado de enfermagem. Escola Anna Nery, 2010; 14(1):177-81.

Soares MCS, Freitas VEO, Cunha ARR, Almeida JLS, Souto CMRM, Arruda RD. Práticas de enfermagem na atenção às mulheres em situação de abortamento. Revista Rene, 2012; 13(1):140-6.

Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN). Anais do 16º Seminário Nacional de Pesquisa em Enfermagem. Campo Grande, 2011. Disponível em: http://www.abeneventos.com.br16senpesenpe-trabalhosindex.htm

Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN). Anais do 17º Seminário Nacional de pesquisa em Enfermagem. Natal, 2013. Disponível em: http://www.abeneventos.com.branaissenpe17senpe

Associação Brasileira de Enfermeiros Obstetras e Obsterizes (ABENFO). Anais do VII Congresso Brasileiro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal. Belo Horizonte, 2011.Disponível em: http://www.redesindical.com.br/abenfo/viicobeon_icieon/

Associação Brasileira de Enfermeiros Obstetras e Obsterizes (ABENFO). Anais do VIII Congresso Brasileiro de Enfermagem Obstétrica e Neonatal. Florianópolis, 2013. Disponível em: http://www.redesindical.com.br/abenfo/viii_cobeon_cd/clique_aqui_para_abrir_o_cd.html

Medeiros AL, Landim LP, Sousa MCM, Cabral RWL, Santos SR. Relações interpessoais entre profissionais do cuidado e mulheres com experiência de abortamento em ambiente hospitalar. Rev enferm UFPE on line. 2013; 7(2):452-9.

Andrade VMM, Silva VP, Silva LR. Percepção das Mulheres no cuidado frente à situação de aborto. Revista de Pesquisa Cuidado Fundamental, Rio de Janeiro, 2004; 8(1/2):121-9.

Aguiar I. Veja onde se faz mais aborto no Brasil, de acordo com o IBGE. Huffpost Brasil. Disponível em: http://www.brasilpost.com.br/2015/08/21/estados-aborto-no-brasil-_n_8022824.html [Acesso em 02 janeiro 2016]


Apontamentos

  • Não há apontamentos.