O uso do gelo para alívio da dor no cuidado à parturiente: revisão integrativa [The use of ice for pain relief during childbirth: an integrative literature review]

Sonia Nunes, Ovtavio Muniz da Costa Vargens

Resumo


RESUMO - Objetivo: discutir o uso do gelo para alívio da dor no cuidado à parturiente. Método: revisão integrativa de literatura baseada em publicações científicas relacionadas ao tema, compreendendo o período de 2000-2013. A busca efetuou-se nas seguintes bases: Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciência de Saúde (LILACS), Literatura Internacional em Ciências da Saúde (MEDLINE), Science Direct, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Índice Bibliográfico Español em Ciencias de la Salud (IBECS) e Scientific Eletronic Library Online (SciELO). Utilizaram-se as palavras: crioterapia, gelo, dor, alívio, nascimento, trabalho de parto e parto. Conclusão: o uso do gelo é de conhecimento no campo da enfermagem obstétrica e que este tem sido utilizado na forma de compressa na região perineal em caso de epísiorrafia com hematomas e/ou edema. Observou-se também sua utilização para alívio da dor no parto sob a forma de massagens e/ou compressas na região lombar. São necessários, no entanto, novos estudos que aprofundem e ampliem o conhecimento sobre seu emprego.

ABSTRACT - Objective: to discuss the use of ice for pain relief during childbirth. Method: an integrative literature review based in scientific publications related to the theme covering the period from 2000 to 2013. The search was made in the following data basis, Literatura Latino Americana e do Caribe em Ciência de Saúde (LILACS), MEDLINE, Science Direct, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Índice Bibliográfico Español em Ciencias de la Salud (IBECS) e Scientific Eletronic Library Online (SciELO). It were used the words: criotherapy, ice, pain, relief, birth, labor and childbirth. Conclusion: the use of ice is well known in the obstetric nursing field and that this has been used as compress form in the perineal area in cases of epísiorrafy with bruises and/or edema. It was also observed its use for pain relief in childbirth as massages and/or compresses in the lumbar area. However, new studies are necessary wich go deep and enlarge the knowledge about its use.


Palavras-chave


Crioterapia, gelo, dor, trabalho de parto, parto normal

Texto completo:

PDF

Referências


Davis- Floyd R. Os paradigmas tecnocrático, humanístico e holístico do nascimento. International Journal of Gynecology & Obstetries 75:S5-S23. 2001.

Merhy EE. Em busca de ferramentas analisadoras das Tecnologias em Saúde: a informação e o dia a dia de um serviço, interrogando e gerindo trabalho em saúde. In: Merhy EE, Onoko R. [Organizadores]. Agir em Saúde: um desafio para o público. 2ª Ed. São Paulo (SP): Hucitec; 2002.p.113-50.

Waldow VR. Examinando o conhecimento na Enfermagem. In Meyer ET AL. Marcas da diversidade: Saberes e fazeres de enfermagem contemporânea. Porto Alegre: Artmed 1988.

Vargens OMC, Progianti JM, Lima ML, Medina ET, Lessa H. Desmedicalização da assistência ao parto e ao nascimento: um desafio para a enfermagem obstétrica brasileira. Enferm Atual. 2003;3(17):12-8.

Progianti JM, Vargens OMC. As enfermeiras obstétricas frente ao uso de tecnologias não invasivas de cuidado como estratégias na desmedicalização do parto. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2004;8(2):194-7.

Nascimento NM, Progianti JM, Novoa RI, Oliveira TR, Vargens OMC. Tecnologias não-invasivas de cuidado no parto: a percepção das mulheres quanto ao uso. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, 2010; 14(3):456-61.

Nunes S, Vargens OMC. A crioterapia como estratégia para alívio da dor no parto: um estudo exploratório. Revista de Enfermagem UERJ, 2007 Rio de Janeiro. 15(3):277-282.

Waters BL, Raisler J. Massagem com gelo para a redução da dor no trabalho de parto. J Midwifery Womens Health 2003; 48:317-321.

Chiarelli P, Cockburn J. Cuidado do períneo no pós-parto e as melhores práticas. ACMI Journal. 1999; 14-18.

Simkim P, Bolding A. Update on non pharmacologic approaches to relieve labor pain and prevent suffering. Journal of Midwifery & women’s health.vol 49, nº6 November/December 2004.

Low J, Reed A. Eletroterapia explicada: princípios e práticas. São Paulo: Manole; 2000.

Ardila R. Psicologia fisiológica2° Ed. México: Trillas; 1976.

Drumond JP. Dor aguda: Fisiopatologia, clínica e terapêutica. SP: Atheneu; 2000.

Macedo PO, Progianti JM, Vargens OMC, Santos VLC, Silva CA. Percepção da dor pela mulher no pré-parto: A influência do ambiente. R Enferm UERJ 2005; 13:306-12.

Brasil, Ministério da Saúde. Parto Aborto E Puerpério Assistência Humanizada à Mulher. 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.