Imagem corporal de gestantes portadoras do vírus da imunodeficiência adquirida [Body image of pregnant women with human immunodeficiency virus]

Juliana Gonçalves Silva de Mattos, Nathália Silva Gomes, Elizabeth Barichello, Sueli Riul da Silva

Resumo


RESUMO - Introdução: A maior incidência do HIV ocorre na faixa etária dos 25 aos 45 anos, em ambos os sexos e, dos 13 aos 19 anos o número de casos entre mulheres supera o de homens, abrangendo o período fértil feminino. Objetivo: comparar características sociodemográficas e clínicas entre gestantes portadoras e não portadoras do HIV e medir e comparar a imagem corporal (IC) destes grupos. Metodologia: estudo descritivo, quantitativo, comparativo, de delineamento transversal. Instrumento de coleta de dados composto pela caracterização sociodemográfica e clínica e pela Escala de Medida de IC. As análises estatísticas foram feitas com auxílio do SPSS, empregando-se estatística descritiva. Resultados: dentre as 21 gestantes soropositivas, a maioria possuía entre 25-29 anos, ensino fundamental incompleto, renda entre um e três salários mínimos, parceiro fixo, sem atividade remunerada, idade da sexarca de 12-18 anos, uso do preservativo masculino como método contraceptivo e média de IC= 84,2. Dentre as não portadoras, diferencia-se a predominância do exercício de atividades remuneradas, sexarca entre 15-17 anos, predominância da minipílula e escore de IC= 84,6. Conclusão: conclui-se que não há evidências científicas para afirmar que esses dois grupos sejam diferentes quanto à percepção da IC. A enfermagem deve promover a IC positiva entre gestantes.

 

ABSTRACT - Introduction: The highest incidence of HIV occurs in the group of 25 to 45 years of age, in both sexes. From 13 to 19 years of age the number of cases among women exceeds that among men, covering the female fertile period. Objective: to compare the sociodemographic and clinical characteristics between pregnant women with or without HIV and measure and compare the the perception of body image (BI) of these groups. Methodology: descriptive, comparative and cross-sectional study. The instrument for data collection comprised sociodemographic and clinical characterization and the Measurement Scale IC. Statistical analyzes were performed with SPSS, using descriptive statistics. Results: among the 21 soropositive pregnant women, most were between 25-29 years, incomplete primary education, incomes between one and three minimum wages, steady partner without gainful activity, age at first intercourse 12-18 years old, condom use as a contraceptive method and average BI = 84.2. Among those without HIV, the difference was the predominance of practicing paid activities, sexarche between 15-17 years, prevalence of hormonal contraception and score BI = 84.6. Conclusion: there is no scientific evidence to say that these two groups differ in perceptions of IC. Nurses should promote positive IC among pregnant women.



Palavras-chave


Imagem corporal; gestantes; infecções por HIV; saúde da mulher; enfermagem.

Texto completo:

PDF

Referências


Ministério da Saúde. Rio de Janeiro, RJ. Disponível em: http://http://www.aids.gov.br/pagina/aids-no-brasil

Ministério da Saúde (BR). Plano Integrado de Enfrentamento da Feminização da Epidemia de AIDS. Brasília: DF; 2007

Muñoz SF, Castro E, Idrobo LMF, Vallejo LEN, Cuéllar JAP, Meneses MCV. Conocimientos, actitudes y prácticas de las mujeres con VIH durante la gestación y crianza (Popayán, 2009). Investig. Enferm. Imagen Desarro. 2012; 14(1):45-55.

Coelho DF, Motta MGC. A compreensão do mundo vivido pelas gestantes portadoras do vírus da imunodeficiência humana (HIV). Rev. gaúch. enferm. 2005; 26(1):31-41.

Dias MR, Duque A, Silva MG. O VIH e o corpo da mulher: a contaminação da imagem feminina. In: 4° Congresso Virtual HIV/AIDS: A Mulher e a Infecção pelo HIV/SIDA; 2003 out 12-dez. Santarém (POR). Disponível em: http://www.aidscongress.net/article.php?id_comunicacao=173

Ministério da Saúde (BR). Pré-natal e puerpério: atenção qualificada e humanizada - manual técnico. Brasília: DF; 2006.

Ministério da Saúde (BR). Política nacional de atenção integral à saúde da mulher: princípios e diretrizes. Brasília: DF; 2004.

Ferreira PL, Neves C. Qualidade de vida e diabetes. Rev Port Clin Geral. 2002; 18:402-8.

Souto CMR. Construção e validação de uma escala de medida em imagem corporal [dissertação]. João Pessoa: Universidade Federal da Paraíba; 1999.

Brandão T, Silva KS, Sally EFO, Dias MA, Silva CVC, FonsecaVM. Características epidemiológicas e nutricionais de gestantes vivendo com o HIV. Rev Bras Ginecol Obstet. 2011; 33(8):188-95.

Roucourt S, Faria Jr D. Gestação tardia. In: Fernandes CE, Melo NR, Wehba S. (Eds). Climatério feminino: fisiopatologia, diagnóstico e tratamento. São Paulo: Lemos editorial; 1999; 193-203.

O´reilly-Green C, Cohen WR. Pregnancy in women aged 40 and older. Am J Obstet Gynecol. 1993; 168(2):319-37.

Vaz MJR, Barros SMO. Gestantes infectadas pelo HIV: caracterização e diagnósticos de enfermagem. Acta Paul. Enferm. 2002; 15(2):7-17.

Takiuti AD. A saúde da mulher adolescente – 1993. In: Madeira FR. Quem mandou nascer mulher? Estudos sobre crianças e adolescentes pobres no Brasil. Rio de Janeiro: Record/Rosa dos Tempos; 1997; 213-90.

Almeida JM, Praca NS. Transmissão vertical zero: parceria entre o serviço público e o terceiro setor. Acta Paul. Enferm 2009; 22(4):374-9.

Scherer LM, Borenstein MS, Padilha MI. Gestantes/puérperas com HIV/AIDS: conhecendo os déficits e os fatores que contribuem no engajamento para o autocuidado. Esc. Anna Nery. 2009; 13(2):359-65.

Cairolli PB. Avaliação da imagem corporal e da (in)satisfação com o corpo grávido pela escala de medida em imagem corporal em gestantes inscritas no programa de pré-natal da rede básica de saúde de Vinhedo- SP [dissertação]. Campinas: Departamento de Enfermagem da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP, Universidade de Campinas; 2009.

Leite LHM, Papa A, Valentini RC. Insatisfação com imagem corporal e adesão à terapia antirretroviral entre indivíduos com HIV/AIDS. Rev. Nutr. 2011; 24(6):873-81.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.